Páginas

sexta-feira, maio 01, 2009

Sobre nossas amadas distribuições do Linux.

Desde que eu entrei na minha faculdade notei que ela usava uma distribuição própria do Linux, o Muriqui. Isso me fez ficar orgulhoso em saber que a faculdade usava Software Livre e principalmente, desenvolvia em cima disso. Porém logo também percebi que muitas pessoas mais leigas, professores e alunos de outros cursos, ficavam frustrados com tudo aquilo, principalmente pela falta de informação e suporte em cima dessa distribuição. Logo também notei que isso não é só um problema da minha faculdade, mas de todos os usuários novos de Linux.
Quando um usuário comum (leia-se: leigo) compra um PC novo muitas vezes ele vem com uma distribuição Linux. O usuário liga o computador e não entende nada do que está acontecendo e logo começa a "exorcizar" o computador e instala uma versão PIRATA do Windows. O principal problema é que essa distribuições pouco conhecidas não tem um suporte adequado e principalmente não tem um visual bacana (usuário comum quer computador bonito e funcional). Atualmente não são muitas as distribuições Linux que trazem algo bonito e de fácil acesso aos usuários, por isso muitas vezes os usuários tem uma visão precipitada do Linux e não conhecem todo o potencial dessa distro. Por isso cabe as "autoridades" competentes educar as pessoas para que saibam não tudo, mas pelo menos o básico sobre todos os S.O. existentes (Linux, Windows, Mac/OS e etc) para poder não ter apenas a liberdade de Software, mas também a de escolha.

Um comentário:

  1. Bueno homem, parabéns,em poucas palavras conseguiu expressar um dos maiores problemas a uma pessoa comum iniciar no mundo linux. Muitos ja tem na cabeça que linux é complicado, e ao ver uma distro que nao tem suporte, ficam com mais medo, porque como todos falam, a primeira impressão é a que fica.

    ResponderExcluir

Frase

“Inovação distingue um líder de um seguidor.”
(Steve Jobs)